sábado, 18 de dezembro de 2010

Governo Federal e o "kit gay" nas escolas

Vocês já notaram que está acontecendo no Brasil um movimento muito estranho a favor do homossexualismo? As novelas, os programas de TV e os noticiários vêm implantando a idéia do homossexualismo como uma prática natural e normal, e tudo que se opõe ao homossexualismo está sendo generalizado como sendo homofobia. (Claro, não estou aqui falando dos casos de agressão, pois qualquer tipo de agressão é crime, seja a homossexuais ou heterossexuais)

Agora o Governo Federal pretende implantar um material didático que incentiva as crianças à pratica homossexual:



REPORTAGEM DO CORREIO BRAZILIENSE

Kit Gay para alunos conterá um DVD com uma história aonde um menino vai ao banheiro e quando entra um colega, se diz apaixonado pelo mesmo e assume sua homossexualidade

Ele ainda nem foi lançado oficialmente. Mas um conjunto de material didático destinado a combater a homofobia nas escolas públicas promete longa polêmica. Um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) produziu kit de material educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública em todo o país do programa Mais Educação.

Parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibida ontem em audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado Encontrando Bianca, um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como José Ricardo, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de Bianca, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada.

O jovem travesti do filme aponta um dilema no momento de escolher o banheiro feminino em vez do masculino e simula flerte com um colega do sexo masculino ao dizer que superou o bullying causado pelo comportamento homofóbico na escola. Na versão feminina da peça audiovisual, o material educativo anti-homofobia mostra duas meninas namorando. O secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, afirma que o ministério teve dificuldades para decidir sobre manter ou tirar o beijo gay do filme. “Nós ficamos três meses discutindo um beijo lésbico na boca, até onde entrava a língua. Acabamos cortando o beijo”, afirmou o secretário durante a audiência.

O material produzido ainda não foi replicado pelo MEC. A licitação para produzir kit para as 6 mil escolas pode ocorrer ainda este ano, mas a previsão de as peças serem distribuídas em 2010 foi interrompida pelo calor do debate presidencial. A proposta, considerada inovadora, de levar às escolas públicas um recorte do universo homossexual jovem para iniciar dentro da rede de ensino debate sobre a homofobia esbarrou no discurso conservador dos dois principais candidatos à Presidência.

O secretário do MEC reconheceu a dificuldade de convencer as escolas a discutirem o tema e afirmou que o material é apenas complementar. “A gente já conseguiu impedir a discriminação em material didático, não conseguimos ainda que o material tivesse informações sobre o assunto. Tem um grau de tensão. Seria ilusório dizer que o MEC vai aceitar tudo. Não adianta produzir um material que é avançado para nós e a escola guardar.”

Apesar de a abordagem sobre o adolescente homossexual estar longe de ser consenso, o combate à homofobia é uma bandeira que o ministério e as secretarias estaduais de educação tentam encampar. Pesquisa realizada pelas ONGs Reprolatina e Pathfinder percorreram escolas de 11 capitais brasileiras para identificar o comportamento de alunos, professores e gestores em relação a jovens homossexuais. Escolas de Manaus, de Porto Velho, de Goiânia, de Cuiabá, do Rio, de São Paulo, de Natal, de Curitiba, de Porto Alegre, de Belo Horizonte e de Recife receberam os pesquisadores que fizeram 1.406 entrevistas.

O estudo mostrou quadro de tristeza, depressão, baixo rendimento escolar, evasão e suicídio entre os alunos gays, da 6ª à 9ª séries, vítimas de preconceito. “A pesquisa indica que, em diferente níveis, a homofobia é uma realidade entendida como normal. A menina negra é apontada como a representação mais vulnerável, mas nenhuma menina negra apanha do pai porque é pobre e negra”, compara Carlos Laudari, diretor da Pathfinder do Brasil.

15 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Editor disse...

Preciso que o ir(a). permita esse coment.

832verdade.blogspot.com

Visite!

Jesus te ama.

Aline Freire disse...

Olá, gostei sim do seu post, fiz o mesmo no meu orkut a alguns dias, fiquei indignada com tudo isso! Tenho um blog também, dê uma passadinha lá, ficarei muito grata. Continue pensando e fazendo pensar...

http://pensandoefazendopensar.blogspot.com/

Anônimo disse...

O objetivo da campanha não é transformar crianças em homossexuais até porque alguns já o são mesmo.O intento é mostrar o quão deplorável é o bullying homofóbico só isso nada demais.

Thiago Pinheiro disse...

Anônimo,

Mas você acha que esse método de combate ao bullying é o mais indicado?

Da forma como o problema está sendo tratado é, sim, um incentivo ao homossexualismo.

Anônimo disse...

Acho que o digníssimo senhor não compreendeu o que eu quis dizer.Eu acho que campanha nenhuma tem o poder de converter ninguém nem mesmo crianças em homossexuais,bissexuais,transexuais ou pansexuais etc se a exibição de simples vídeo mudar a orientação da libido de uma criança então o Justin Bieber já homossexualizou muitíssimos.

Anônimo disse...

Entre todos argumentos dos evangélicos para tentar barrar o tal kit ainda não encontrei nenhum legitima e verdadeiramente consistente para ser considerado tem alguns que chegam a ser até infantis mostrando que eles estão desnorteados e não conseguem construir um único e simples prova explanativa que possa servir de base para refutar a realidade do segregacionismo anti-homossexual motivo primordial da necessidade da campanha de combate ao bullying homofóbico colegial para combater isso na raíz do mal justamente o ambiente escolar das crianças mais jovens eles estão conseguindo ser mais inconsistentes do que na argumentação utilizada para dizer que o plc 122 é desnecessário.Sem querer desprezar ninguém mas os ais dessa celeuma que é um belíssimo samba de uma nota só não colam de jeito nenhum.

contato disse...

Bom dia,
meu nome é Deneilton Moura eu trabalho na área de criação de Sites e Hospedagens de Sites e gostaria de te oferecer o nosso trabalho com suporte 24 horas, personalizamos seu domínio ex. seunome.com ou .com.br ou também com o nosso domínio que também e gratuito senome.djmhost.com.br tudo de Graça com ativação imediata.

Entre em contato conosco agora sem compromisso para qualquer esclarecimento 24 horas on-line...
MSN: contato@djmhost.com.br
SITE: http://djmhost.com.br

Deus abençoe em nome de Jesus!

Wesley Gaspar disse...

olá meu nome é Wesley Gaspar, Tenho uma rádio 100% gospel com chat tambem gospel, quem quizer colocar em blogs ou sitesé só pegar o cód. no site. Após pegarem os código e postarem nos sites ou blogs, favor mandar um email disponivel no site para que sei site ou blog seja divulgado na programação da radio - Rádio Web Gospel

http://www.radiowg.com

Anônimo disse...

A homossexualidade é instintiva e não adquirida portanto não cabem preconceitos.

Thiago Pinheiro disse...

Eu, particularmente, não concordo que a homossexualidade seja instintiva. Se assim fosse, todos seríamos homossexuais, pois o instinto independe de qualquer conhecimento que o indivíduo venha a absorver ou de qualquer experiência que ele venha a participar.

E estamos falando de discordâncias, não de preconceitos. Discordar de certas práticas não é o mesmo que ter preconceito. Conheço gente que é homossexual e nem por isso trato diferente dos outros. Porém, discordo das práticas.

JOSUÉ disse...

Meu mano! Graça e paz!


Hoje só estamos de passage por esse espaço, para convida-lo a visitar meu blog, um blog criado recentemente, com o objetivo de pregar sobre os dois lados do cristianismo, o lado humano e desumano. Na eminência de desmoquiar esse universo religioso.

Agradeço pala atenção e, estarei seguindo esse espaço.


Blog; www.emterradecego11.blogspot.com

Deus abençoe.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


COMPARTIENDO ILUSION


CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...




ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE MONOCULO NOMBRE DE LA ROSA, ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER ,CHOCOLATE Y CREPUSCULO 1 Y2.

José
Ramón...

Carlos Carvalho disse...

A paz do Senhor Jesus,
Excelente esta postagem, e o conteúdo deste abençoado Blog !
Já estou seguindo com certeza, e já indiquei para alguns amigos e vou continuar a divulgar. Vai ser vitórias para todos!

Aproveito a oportunidade
Para lhe convidar para ser
Mais um amigo da “ROCHA”

www.afamilianarocha.blogspot.com
www.cristinaalvescantora.blogspot.com

Fique com Deus!

RADIO GOSPEL MUSIC LIFE disse...

RADIO GOSPEL MUSIC LIFE

http://crescerevencercomjesus.blogspot.com

Related Posts with Thumbnails