segunda-feira, 23 de maio de 2011

Kit gay - Voltemos ao assunto

Quando se falou no tal kit gay que seria distribuído nas escolas brasileiras, logo apareceram os defensores alegando que não havia nada de apologia ao homossexualismo, que apenas se tratava de um material que serviria de apoio ao combate à homofobia.

Bem, os vídeos falam por si só. Jovens homossexuais/bissexuais sendo tratados como pessoas especiais e os valores da família sendo jogados na lata do lixo. A imoralidade é tanta, que no segundo vídeo fica subentendido que as meninas lésbicas dariam um beijo na frente de todos os alunos, para provarem que elas poderiam ser felizes da forma que escolheram.

Veja:





E agora o que disse o representante do MEC:


Está aí o retrato da educação do nosso país. E isso não é combate à homofobia, mas apologia ao homossexualismo e práticas similares.

E antes que venham falar abobrinha... ninguém aqui está defendendo a violência contra os homossexuais. O que se debate aqui são os valores que as escolas irão ensinar aos nossos filhos quando eles estiverem longe do seio familiar. Se os homossexuais têm os mesmos direitos que as outras pessoas (e realmente têm, independentemente de qualquer lei, como assegura a Constituição Federal), nós também temos o direito de não querer que certas práticas sejam ensinadas aos nossos filhos.

Eu penso dessa forma. A Constituição também me garante a liberdade de expressão.
Related Posts with Thumbnails