sábado, 10 de maio de 2008

Remissão dos pecados


Recentemente, o Brasil ficou chocado com o caso da menina que foi jogada do sexto andar de um prédio, supostamente, pelo próprio pai e sua madrasta.

Muitos se perguntam “como alguém pode ser tão cruel a ponto de fazer isso?”. O fato é que a natureza humana é bem assim, imprevisível.

Sem entrar no mérito da culpa dos réus, vamos imaginar que eles sejam os assassinos da menina. Que júri, no mundo, inocentaria alguém numa situação dessas? Acredito que mesmo sem um julgamento, já sabemos, mais ou menos, qual será o destino daquele casal: a condenação.

Falo da justiça dos homens. Eles, com certeza, irão pagar pelo crime, irão sofrer as conseqüências na medida de sua própria crueldade. O que não quer dizer que algum dia eles não possam se arrepender de verdade e, entregando suas vidas para Deus, terem a remissão de TODOS os seus pecados pela graça de Deus.

Como falei no texto anterior, não sei o que se passa no coração de outra pessoa, não sei se hoje, amanhã ou depois, eles irão ser redimidos dos seus pecados pela maravilhosa Graça do Pai.

Sei que pecado é pecado. O meu pecado não é menor do que o seu, não é menor do que o deles ou de nenhum outro. Sei que Deus se fez carne para nos resgatar de todos esses pecados que corroem a nossa alma.

16 Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, E as escreverei em seus entendimentos; acrescenta:
17 E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades.
18 Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado.
(Hebreus 10 : 16–18)

"Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais." (Hebreus 8 : 12)

28 Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem;
29 Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo.
(Marcos 3 : 28-29)

Deus é misericordioso com cada um de nós, sem exceção. Ele resgata do menos errante até aquele que “não tem jeito”. Muitos têm sido testemunhas vivas disso que estou falando.

"As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;" (Lamentações 3 : 22)

Sejamos testemunhas da misericórdia, do amor e da paz!


Fique com Deus, pois Ele é com você.

2 comentários:

Adam Gonnerman disse...

Também comentei um tempo atrás sobre este caso. É muito triste, mas como você falou, Deus pode perdoar este casal, supondo que eles são os culpados. Não é que Deus vai justificar o que eles fizeram, mas que Ele pode justificar eles. Outro dia no Globo eles falaram que a madrasta estava lendo a bíblia na cadeia. Espero que ela está lendo mais do que os Salmos, e que ela chega ao arrependimento.

Thiago Rodrigo disse...

Assim também espero.
Hoje em dia já não sei da Salvação de ninguém. Acho que até o último segundo da vida, qualquer um pode ser salvo. Lembra do ladrão na cruz? Então...

Isso é entre Deus e cada um de nós.

Related Posts with Thumbnails